• Arthur Gadelha

Cobertura do 32º Cine Ceará: guia de críticas

LISTA Festival aconteceu de 7 a 13 de outubro de 2022 em Fortaleza, Ceará. Nessa publicação, confira os textos publicados pelo Ensaio Crítico sobre os filmes exibidos no evento

Nesta quinta-feira, 13 de outubro, o 32º Cine Ceará chegou ao fim premiando o cativante Inseparáveis, de María Álvarez, como o Melhor Longa-Metragem. Era, de longe, meu favorito. Fico feliz de ver essa história celebrada num festival ibero-americano, principalmente por seu relato ser tão íntimo, carinhoso e espinhento, olhando para um presente tão recheado das coisas que aconteceram, assim como os prêmios para o cubano Vicenta B, que mesmo tão silencioso marcou a edição. Acho que foram celebrações charmosas por parte do júri, especialmente num ano em que os impressionantes A Filha do Palhaço e A Piedade fizeram tanto barulho na audiência. Confira os vencedores aqui.


Abaixo, confira um apanhado das críticas publicadas ao longo da semana, abarcando todas as mostras competitivas do evento: Longas ibero-americanos, Curtas Brasileiros e Olhar do Ceará. Foi uma delícia fazer parte desta edição. Ansioso pela próxima.


Mostra Ibero-americana de Longas


Mostra Brasileira de Curtas


Mostra Olhar do Ceará

Longa-metragem

Curta-metragem


Acesse a cobertura de outros festivais