• Ensaio Crítico

📰 Karim Aïnouz e Anita Rocha da Silveira na mira de Cannes 2021

Segundo fontes, os dois podem ser os representantes brasileiros no 73º Festival de Cannes

Segundo o site Spoiler Movies, conhecido por apresentar os bastidores dos grandes festivais internacionais de cinema, os novos filmes do cearense Karim Aïnouz (Céu de Suely) e da carioca Anita Rocha da Silveira (Mate-Me Por Favor) podem ser os brasileiros representantes na 73ª edição do Festival de Cannes, programado para acontecer entre os dias 6 e 17 de julho de 2021. Ano passado, o evento foi interrompido devido a pandemia da Covid-19.


Segundo especulação do autor Maurício Ribeiro, o novo filme de Karim Aïnouz está sendo finalizado para estrear na competição oficial do Festival de Cannes 2021, em busca da Palma de Ouro. "Argelino por Acidente", em tradução livre, é apresentado em rodadas de negócios como "cruzamento entre um filme de estrada e uma crônica de viagem, para Argel (Argélia) e Fortaleza (Brasil), duas cidades que fixam a matriz fundamental da história de vida do diretor". Não é comum que documentários figurem entre os selecionados oficiais, mas o autor relembra que, no entanto, "Michael Moore ganhou uma Palma com um documentário". Na última edição do Festival de Cannes, em 2019, Karim venceu o prêmio máximo da principal mostra paralela do evento, Un Certain Regard, com o melodrama "A Vida Invisível".


+ Nardjes A: reportagem crua da revolta


Também na mira do maior festival da Europa, está o novo longa de Anita Rocha da Silveira, dessa vez na competição da Quinzena dos Realizadores. Em laboratórios de desenvolvimento, o filme intitulado "Medusa" apresenta a seguinte sinopse: "Muitos, muitos anos atrás, a bela Medusa foi severamente punida por Atena, a deusa virgem, pela perda de sua pureza. Hoje, Mariana pertence a um mundo onde ela deve fazer o seu melhor para manter a aparência de uma mulher perfeita. Para não cair na tentação, ela se esforça para controlar tudo e todos ao seu redor. No entanto, chegará o dia em que a vontade de gritar será mais forte do que nunca". A cineasta carioca ainda não teve filme exibido no festival, mas seu primeiro longa-metragem "Mate-Me Por Favor" foi desenvolvido no laboratório La Fabrique des Cinémas du Monde, programa oficial de Cannes em 2012.


+ Mate-Me Por Favor: libertação, medo e horror


A matéria do Spoiler Movies faz um apanhado de especulações sobre todas as áreas do evento, apontado as seleções de autores como Paul Verhoeven, Apichatpong Weerasethakul, Mia Hansen-Løve, Terrence Malick, Claire Denis, Joanna Hogg, dentre muitos outros. Confira a lista completa aqui. O evento informa que irá anunciar os filmes selecionados no começo de junho.