• Arthur Gadelha

Cearense ‘Cabeça de Nêgo’ estreia em novembro na Globoplay

NOTÍCIA Longa-metragem cearense chega em sua nova etapa de distribuição

Atualmente em cartaz nos cinemas, passando por 10 estados brasileiros, o filme dirigido por Déo Cardoso já tem novo destino anunciado no serviço de streaming do Grupo Globo. Ainda não há data definida, mas a empresa divulgou no seu Instagram que o título seria adicionado no mês de novembro. Cabeça de Nêgo conta a história de Saulo (Lucas Limeira), aluno que se torna epicentro de uma revolução após ocupar sua escola em protesto à negligência da direção pública em relação ao racismo vivido em sala de aula e ao descaso com alimentação e ensino.


O filme estreou em janeiro de 2020 na Mostra de Tiradentes e foi exibido em festivais on-line do segundo semestre como 9º Olhar de Cinema e 30º Cine Ceará, de onde saiu premiado com o Troféu Mucuripe de Melhor Longa da Olhar do Ceará. Em janeiro de 2021, o filme venceu o prêmio de Melhor Longa-Metragem Cearense pela Associação Cearense de Críticos de Cinema - Aceccine, e em outubro entrou em cartaz nos cinemas brasileiros. Em entrevista ao programa Claquete, do Canal FDR, o diretor contou que a equipe do filme está trabalhando em três frentes de distribuição: cinema, streaming e circulação alternativa:


"Por conta dos problemas históricos de distribuição que o Brasil tem, competição desleal com cinema americano, sem proteção de tela, sem proteção cultural como outros países têm. A gente vai competir com Venom, com Eternos, com a Marvel. Eu tô mais animado com a segunda e com a terceira etapa" - pontua.


+ Crítica | Cabeça de Nêgo: não há felicidade na utopia


Contemplado com um prêmio sueco para distribuição, Déo se mostra empolgado com a frente pós-streaming, terceira etapa de circulação, "que é quando o filme vai pras escolas, periferias, assentamentos, aldeamentos, comunidades quilombolas". Para conferir os locais de exibição, acesse as redes sociais do filme.